Como funcionam os sensores de movimento de videogame? - DICAS CURIOSAS BR

Post Top Ad

quinta-feira, 3 de março de 2016

Como funcionam os sensores de movimento de videogame?

Como funcionam os sensores de movimento de videogame?

PLAYSTATION MOVE
















DE OLHO

A PlayStation Eye, câmera que faz parte do pacote Move, não tem a tecnologia de mapeamento infravermelho do Kinect. A Sony preferiu ensinar a câmera a "enxergar" usando algoritmos complexos de reconhecimento facial, reconhecimento de objetos e inteligência artificial

VISÃO LIMITADA

Por mais sofisticados que sejam os algoritmos de reconhecimento de objetos por trás do Move, o aparelho não é capaz de reconhecer e rastrear corpos humanos em tempo real. O único objeto que ele rastreia com rapidez é a luz do controle, cujos movimentos são convertidos para os games

EM BUSCA DA LUZ

O controle do Move original tem uma bola de luz na ponta. Ele usa a mesma tecnologia de acelerômetro do Wiimote para transmitir posição espacial e movimentos para o console. A luz também serve de referência para a câmera: é o primeiro objeto que ela procura para se localizar

• BENEFÍCIOS - Juntando uma câmera e um controle com acelerômetro, o Move é capaz de trabalhar com a tecnologia de realidade aumentada

• DESVANTAGENS - A grande limitação do Move é não permitir que o usuário consiga jogar utilizando todos os movimentos do corpo, como rola com o Kinect

KINECT


PERCEPÇÃO ESPACIAL

O Kinect projeta uma grade de pequenos pontinhos infravermelhos pelo espaço à sua frente e captura os reflexos desses pontos quando eles rebatem nos objetos. Calculando quanto tempo cada ponto emitido leva para ser refletido de volta ao aparelho, o Kinect sabe a distância dos objetos. Com essa informação, ele mapeia o ambiente em 3D

VÍDEO E VOZ

Os componentes mais básicos do Kinect são uma câmera de vídeo (igual à de um celular) e uma sequência de quatro microfones. A câmera serve para videoconferências e auxilia no reconhecimento facial; os microfones capturam e identificam comandos de voz e localizam a fonte de som, permitindo que o aparelho siga o seu rosto numa chamada

CÁLCULOS, CÁLCULOS!

Toda essa "mágica" só é possível por causa de um processador poderoso, responsável por interpretar toda a informação dos pontinhos infravermelhos e encontrar padrões na "grade". A prioridade é localizar formatos de corpos humanos e rastrear os movimentos de 20 pontos da anatomia para reproduzi-los com precisão na tela

• BENEFÍCIOS - A grade infravermelha do Kinect permite que ele encontre e interprete todos os movimentos de uma pessoa. Ou seja, dá para controlar o game com o corpo inteiro

• DESVANTAGENS - A primeira versão do Kinect era muito imprecisa, prejudicando vários jogos. A versão 2.0, que será inclusa no Xbox One, promete corrigir as falhas

WII

BARRA INSENSÍVEL

Sabe aquela barra-sensor que a fabricante sugere instalar em cima ou embaixo da TV? Pois é, de sensor ela não tem nada. Ela nada mais é do que uma sequência de LEDs infravermelhos (invisíveis a olho nu). No caso de a barrinha ser danificada ou perdida, é possível improvisar com duas lanternas ou até duas velas!

OLHO NO CONTROLE

O Wiimote identifica a luz infravermelha por meio de uma câmera, protegida por um filtro que só libera a passagem de luz infravermelha: ou seja, a câmera não "enxerga" nada além dos LEDs da barra-sensor. É referência suficiente para determinar para que ponto da TV o Wiimote está apontado, o que é útil para navegar nos menus e para jogos de tiro

VARINHA MÁGICA

Todo o poder do console da Nintendo está no controle Wiimote. Ele determina a posição do jogador no espaço e mede a direção e a intensidade dos movimentos com um acelerômetro: um microchip que detecta movimento e o transforma em impulsos elétricos. O controle transmite as informações para o Wii via bluetooth

• BENEFÍCIOS - A tecnologia simples manteve o Wii a um preço bem acessível, o que, junto com sua inovação e intuitividade, permitiu que o console se tornasse um fenômeno de vendas

• DESVANTAGENS - A sensibilidade do Wii é rústica. Hoje em dia, qualquer smartphone top de linha tem um sensor de movimento bem mais preciso do que o do Wii originalFONTES Sites Nintendo, Business Week, Wired, Engadget, How Stuff Works, Sensorland.com e Analog.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad